O Jornal A Semana noticia que alcool e tabaco vão ficar mais caros em 2012. A medida foi avançada pela Sr.ª Ministra das Finanças, Dr.ª Cristina Duarte e vem na lei do Orçamento do Estado para o ano 2012.

A meu ver, tendo em conta a crise internacional que, inevitavelmente, vai afectar a nossa economia –aliás, já se sente os efeitos- a Ministra Cristina Duarte anda a buscar meios de financiar o seu orçamento.

Com isto, não quero dizer que não haja um interesse do Governo em minimizar a problemática do alcoolismo e do tabagismo, mas o interessa maior, sem sombra de dúvida, é angariar mais dinheiro para fazer face às despesas inscritas no Orçamento de Estado.

A penalização anunciada passa por agravar os direitos de importação desses bens. Agora pergunto: como encarecer a produção de grogue que se faz hoje quase em todas as ribeiras e ladeiras dessas ilhas? Ao tributar a importação dos produtos alcoólicos, que normalmente tem maior qualidade, não estariam a convidar “o pessoal” a “bebi grogu fedi” ou com menos qualidade. Se o meu raciocínio estiver certo então, “tiro pode sai pa culatra”. Ou seja, o encarecimento desses produtos, por si só, pode ter efeitos contrários ao “desejado”!

Gostou do nosso artigo? Não gostou? Dê like, comente e partilhe com os teus amigos no facebook! Obrigado.

Anúncios