autoridade_tributaria

O programa “Factura da Sorte” lançado pela administração fiscal portuguesa no início do ano passado ajuda o fisco a caçar 176 mil empresas só no primeiro trimestre de 2014. A notícia é avançada pelo Jornal de Notícias.

O JN avança ainda que “nos dois primeiros meses do ano chegaram à Autoridade Tributária faturas emitidas e comunicadas por cerca de 630 mil entidades. São mais 176 mil do que as contabilizadas em igual período de 2013.”

Para esta subida de 39% no número de entidades (empresas, na sua maioria, mas também profissionais liberais e empresários em nome individual) que procederam à emissão e envio de faturas e reportaram sinais de atividade junto do Fisco contribuiu sobretudo o concurso Fatura da Sorte, que tem funcionado como um incentivo para que cada vez mais contribuintes associem o seu número de identificação fiscal (NIF) às faturas.

Gostou do nosso artigo? Não gostou? Dê like, comente e partilhe com os teus amigos no facebook! Obrigado.

Anúncios