O Tribunal da Comarca da Praia mandou penhorar o Ministério das Finanças em 18.000 contos para pagar os rectroactivos de progressões dos funcionários daquela instituição, por a mesma não ter acatado a ordem de pagar voluntariamente e no prazo aquele montante.

Queremos o teu comentário.

Anúncios