Os serviços fiscais de Espanha, pediram hoje ao juiz Pablo Ruz que leve a julgamento o presidente do Barcelona, por considerar que este deve às finanças uma verba de 1,9 milhões de euros, relativa à contratação do futebolista Neymar.

Em tempos não muito longínquos, também o futebol Lionel Messe do Barcelona enfrentava problemas com o fisco espanhol que o acusava de fraude fiscal.

Para saber mais leia este artigo do Futebol365

Anúncios