Menos emprego e menos rendimento (expresso das ilhas)

Mais um imposto, benefícios fiscais que não facilitam a atracção de Investimento Directo Estrangeiro (IDE), regresso da dupla tributação, aumento da taxa sobre as rendas, estas são algumas das alterações introduzidas pelo novo Código do Imposto sobre Rendimento das Pessoas Colectivas e os empresários não ficaram nada satisfeitos com as mudanças. Prevêem-se tempos mais difíceis, a médio prazo, para a economia cabo-verdiana e o consequente aumento do desemprego e a perda de rendimento das famílias.

Continuar a ler

É chegado o mês do 1º pagamento fraccionado para a empresas do RCO

Com a nova lei do imposto sobre rendimento das empresas, Lei n.º 82/VIII/2015 de 7 de Janeiro, que aprova o IRPC, e que entrou em vigor a 1 de Janeiro do corrente, as empresas enquadrados no regime de contabilidade organizada, abreviadamente RCO, devem proceder ao apuramento e efectuar pagamentos fraccionados. Continuar a ler